Inteligência Emocional – Como lidar

22-Nov-2015

 

 

No texto anterior falei um pouco sobre o que é Inteligência Emocional, e vimos que é a maneira de lidar equilibradamente com os contratempos da vida.

Mas como ser uma pessoa emocionalmente inteligente?

 

Bom, já adianto que não é simples. E também não é impossível. É uma questão de hábito. Sim, requer prática e treino. Quanto mais você praticar, melhor será.

 

Para começar esse treino, você precisa conhecer seus próprios sentimentos, no momento em que ocorrem, ou seja, ter autoconsciência. A incapacidade de reconhecer seus próprios sentimentos te deixa a mercê deles e a chance de ser sequestrado pelas emoções é maior. Pois, se você não sabe o que está sentindo, como poderá avaliar a melhor opção de como reagir?

Num momento de raiva o que você costuma pensar é “ahhh quero matar um!” e não “o que estou sentindo é raiva”. Parece uma tarefa simples, mas não é. Muitas vezes nós negligenciamos o que estamos sentindo.

 

Para elucidar melhor, vamos para a historinha do monge e samurai:

 

Um guerreiro Samurai certa vez desafiou um mestre Zen a explicar o conceito de céu e inferno. Mas o monge respondeu-lhe com desprezo:

-Não passas de um rústico... Não vou desperdiçar o meu tempo com gente da tua laia!

Atacado na própria honra, o Samurai teve um acesso de fúria e sacando a espada berrou:

-Eu poderia matar-te por tua impertinência.

O Monge respondeu calmamente:

-Isto é o inferno.

Espantado por ver a verdade no que o mestre dizia da cólera que o dominara, o Samurai acalmou-se e fez uma mesura, agradecendo o Monge.

-E isso, é o céu – Disse o Monge.

 

Percebe a diferença entre se deixar dominar pelo sentimento e ter consciência do que está sentindo? Isso é autoconsciência. É estar consciente do seu estado e de seus pensamentos sobre esse estado. É aí que começa o controle emocional.

 

Reconhecer o seu estado emocional te da compreensão e a opção de pensar em como se livrar dele. Te da liberdade de escolha, em não agir por impulso, tomado por esse sentimento.

Exemplifiquei com a raiva, mas isso cabe para todos os sentimentos: ansiedade, medo, tristeza, e até mesmo alegria. Quem já se deixou levar por um momento eufórico? Isso também acontece.

 

Então antes de sair por ai reagindo a tudo que lhe acontece sem pensar, pare e pense: O que estou sentindo? O que posso fazer de produtivo para lidar com esse sentimento?

 

O meu desafio nessa semana para você é começar a prestar atenção nos seus sentimentos e conseguir identificá-los. Para ficar mais fácil, anote tudo o que você perceber que está sentindo. E me responda depois, falando os resultados obtidos.

 

E semana que vem eu volto com mais dicas de como ser inteligente emocionalmente.

 

 

Please reload

Em Destaque

5 dicas para alcançar seus sonhos

February 22, 2019

1/9
Please reload

Postagem Recentes

December 9, 2016

Please reload

Arquivo